Bom Jesus da Lapa e Serra do Ramalho têm as maiores quedas no seguro-defeso da Região

O número de pescadores de Bom Jesus da Lapa que teve acesso aos recursos do seguro-defeso em 2019 caiu 32% em relação a 2018. Os dados do Governo Federal mostram que 1.687 pescadores receberam o benefício.

Este número representou um pagamento de R$ 5,4 milhões aos pescadores lapenses. Este valor foi próximo a R$ 3,6 milhões menos que o desembolsado pelo governo no ano passado.

Outro município que também apresentou redução significativa foi o município de Serra do Ramalho. Em 2019 foram 377 beneficiário com o seguro desemprego, ante 566 em 2018. Foi desembolsado no município o valor de R$ 1,1 milhão, 40% menos em relação ao ano anterior.

Criado para dar garantias de renda aos pescadores artesanais de todo o País, o seguro-defeso é o benefício destinado aos profissionais que ficam impossibilitados de trabalhar no período de defeso – meses em que a pesca para fins comerciais é proibida devido à reprodução dos peixes.

O cenário observado é de tendência de queda do número de beneficiário na região, em razão da rigidez do cadastro dos pescadores no órgãos federais, no cruzamento de dados e processamento dos pedidos, e também do voluntário descadastramento daqueles que recebem outro tipo de benefício do governo ou ter ingressado no mercado de trabalho.

Você concorda? Comente! Seu ponto de vista é importante.