Obra da Codevasf no Distrito de Gameleira em Sítio do Mato desmorona e causa prejuízos

A população da zona urbana do distrito de Gameleira da Lapa, no município de Sítio do Mato, amanheceu assustada com a dimensão da cratera aberta em uma obra realizada em 2016 pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), autarquia do Governo Federal, em parceria com a autarquia estadual baiana de construções, a Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb).

Além do susto, o desabamento atingiu o sistema de captação de água da localidade deixando em torno de 4 mil habitantes sem água. Para piorar, moradores destacam que 4 embarcações de pescadores que estavam atracadas no local foram destruídas.

O episódio causou indignação não somente dos moradores, mas de quem conheceu a intervenção realizada, classificada como de péssima engenharia para área, condições ambientais e do perfil de desenvolvimento da localidade.

De acordo com moradores, o calçamento e vários pontos da infraestrutura ao longo da orla fluvial da localidade já estão afundando ou apresentando rachaduras, atestando mais uma vez o despreparo para uma intervenção tão importante para a comunidade e para o meio ambiente.

A obra de aproximadamente R$ 12 milhões foi iniciada ainda em 2013, porém paralisada em 2016. Mesmo assim todo o fluxo financeiro do empreendimento foi pago aos agentes envolvidos. Alguns dirigentes da Cerb e da Codevasf alegaram que a obra já foi concluída e entregue.

Alguns analistas do setor de construção afirmam que com base no perfil de solo e na topografia que recebe as forças da água do rio se resolveria somente com um muro de contenção (cais de pedras) resolveria o problema da localidade. Isto fica nítido quando se observa que diversas árvores foram levada por inteiro neste desmoronamento.

Os moradores também informaram que técnicos da superintendências regionais da Codevasf e da Cerb devem se deslocar até a comunidade para averiguar a situação do estrago e se órgão já possui novo projeto.

Até o momento nenhum órgão de controle, que fiscaliza a aplicação de recursos da União, como o Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU) se posicionaram sobre o péssimo estado da obra recentemente realizada.

One thought on “Obra da Codevasf no Distrito de Gameleira em Sítio do Mato desmorona e causa prejuízos

  1. Áurea F.Lima Silva

    - Edit

    Reply

    Confirmado os comentários, além dos barcos e motores também. Hoje Codefasf compareceu ao local de frente com o povão disse que não podia fazer nada agora é todos se calaram. Não concordo com essa resposta abstrata da Codevasf!
    Gameleira 07-02-2020.

Você concorda? Comente! Seu ponto de vista é importante.