Professores de Serra do Ramalho continuam com paralisação parcial das atividades

Após deflagração da greve no dia 12 fevereiro, professores da rede municipal do município de Serra do Ramalho continuam com paralisação de metade do efetivo, destaca reportagem do site de notícias Bom Jesus da Lapa Notícias.

Sem manifestação efetiva da gestão municipal sobre as reivindicações dos servidores, representados pelo Sindicado dos Servidores Públicos Municipais – SINSP, os profissionais decidiram por manter a paralisação e não têm previsão de término.

Entre os pedidos dos docentes está a uniformização dos repasses do aumento do piso salarial de 12,84%, já que este aumento foi concedido de forma diferente para professores dentro da mesma categoria.

O sindicato já sinalizou que vai acionar o Ministério Público Estadual e Federal, assim como a Justiça do Trabalho para intermediar as negociações com prefeitura.

Ainda de acordo com o portal, a prefeitura municipal de Serra do Ramalho não se pronunciou sobre a paralisação das atividades.

No município são mais de 42 escolas da rede municipal que devem sofrer os efeitos da paralisação, e afetar mais de 7,7 mil alunos.

Na região, além de Serra do Ramalho, o município Sítio do Mato também anunciou paralisação parcial das atividades, quando o ano letivo se inciar no município. 

Você concorda? Comente! Seu ponto de vista é importante.