Garis de Sítio do Mato reclamam de falta de EPI’s, e temem riscos do coronavírus

As autoridades médicas e sanitárias tem recomendado a toda população, seja em casa ou no trabalho, para o cuidado e a higiene constante. Porém, além dos profissionais da área de saúde, outros atores importantes nesta fase de pandemia do coronavírus também devem ter sua atividade laboral protegida, como é o caso dos garis.

Os garis são responsável pela coleta e limpeza de resíduos sólidos (lixo) de todos municípios, expondo aos riscos diários de contato com materiais contamináveis, uma vez que toda população está em suas casas e não se sabe o estado de saúde de cada uma delas.

A utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) é obrigatório para estes profissionais, permitindo que o desenvolvimento da atividade essencial não seja prejudicado por acidentes ou por doença, como aquela derivada do coronavírus.

Neste situação, o Sindicato do Servidores Públicos Municipais de Bom Jesus da Lapa e Sítio do Mato (Sinspub) enviou nota à redação do Gamela News em atendimento a demanda dos garis do município de Sítio do Mato pela falta de EPI’s.

De acordo com o Sinspub, “falta proteção aos servidores, pois os mesmo não dispõe de EPI para que se evite os riscos que estão submetidos no labor de suas atividades essenciais, principalmente neste ambiente de pandemia causada pelo COVID-19 [Coronavírus], de forma a expor estes profissionais em eminente risco de contaminação e vulnerabilidade, afetando a saúde dos mesmos”.

Ainda segundo um dos profissionais, aborda que “recebeu apenas uma máscara até agora” e dessa forma coloca em risco não somente a saúde deles, como a de suas famílias também. O apelo a prefeitura é para continuar mantendo a cidade limpa, com “segurança e dignidade”.

Atualmente, Sítio do Mato possui cerca de 20 garis que são responsáveis pela limpeza urbana do município. Neste sentido, os garis necessitam além de equipamentos de proteção, requer orientação e prevenção em tempos de coronavírus, fatores que devem ser levados em conta pela administração municipal.

A Prefeitura de Sítio do Mato iniciou o combate ao coronavírus, com a instalação barreiras sanitárias e isolamento social em todo o município. Somente os serviços essenciais estão funcionando, inclusive aqueles desenvolvido pelos garis e entre outros, como supermercado e farmácias.

Você concorda? Comente! Seu ponto de vista é importante.